Você deveria deixar seu emprego para iniciar a própria empresa?

a3Você está pensando em partir para a carreira empreendedora? Aqui está o que você deveria saber antes de tomar essa decisão

Por  | via Jornal do Empreendedor

A criação de uma empresa a partir do zero quando gera uma receita de sucesso é a realização de um sonho para muitas pessoas. Mas se isso fosse uma tarefa fácil, haveria uma enxurrada de funcionários “comuns” fundando startups.

A autonomia que vem junto com a construção de um negócio em torno de objetivos pessoais, talentos e interesses é atraente para muitos trabalhadores que estão fartos com a sua rotina diária.

Por outro lado, deixar uma situação de emprego estável pode ser estressante – e é uma decisão que não deve ser tomada tão levemente, mesmo se você não estiver totalmente satisfeito com um ou mais dos aspectos do seu trabalho atual.

Como um empreendedor experiente, aprendi algumas dicas ao longo do caminho que pode ajudar aos que procuram fazer esse salto.

Abaixo estão algumas considerações a ter em conta quando for tomar a decisão de iniciar a sua própria empresa.

#1. Avalie o status atual de seu trabalho

A necessidade é a mãe da invenção: muitas pessoas iniciaram seus próprios negócios porque ninguém o contrataria para fazer o que queriam fazer. Você deve considerar o seu status atual no trabalho e avaliar se é realmente o momento certo para seguir por si mesmo.

Pergunte a si mesmo se você está feliz e realizado, e você está ganhando dinheiro o suficiente?

Só porque você está decepcionado com seu trabalho atual, não significa necessariamente que você deva iniciar sua própria empresa.

Isso pode simplesmente significar que você deve considerar mudar de emprego. Trabalhar na sua própria empresa é algo inteiramente diferente, e isso pode ser um grande risco.

Tire um tempo para pensar seriamente em todas as opções antes de concluir que fundar sua própria empresa é a escolha certa para você.

a3a

Pense 2 vezes antes de trocar seu emprego pelo empreendedorismo. Pode ser um caminho sem volta. E sem garantias.

#2. Dê uma olhada na sua experiência passada

Se um músico decide revolucionar a indústria médica, ele está sujeito a ser recebido com ceticismo.

Há complexidades em qualquer mercado que é preciso entender. Dito isso, uma perspectiva privilegiada nem sempre é essencial – às vezes é preciso alguém de fora para impactar a indústria.

Se você pode escrever códigos que são capazes de criar um protótipo de sua ideia à noite e fins de semana, este processo pode ser útil.

A maioria, se não todas, as ideias podem ser um protótipo, e se você pode fazer isso enquanto ainda estiver trabalhando em sua posição atual, uma grande parte do risco irá se dissipar. Você pode ser capaz de percorrer todo o caminho para o mercado, mesmo sem sair do seu trabalho.

#3. Considere as suas situações de idade, familiares e financeiras

À medida que amadurecemos, nós naturalmente nos tornamos mais conservadores (no sentido literal da palavra).

Nós queremos preservar o que temos. Os jovens não são necessariamente insensatos. Eles simplesmente têm menos tempo de acumulo de conhecimento (e riqueza), e muitas vezes possuem um maior apetite para o risco.

Reconhecer e compreender todos os desafios que temos pela frente é muito útil quando assumimos riscos – e abrir uma empresa é um grande risco.

Em relação à família e finanças, a responsabilidade de cuidar de outras pessoas requer tempo e atenção, e muitos empreendedores não têm filhos quando eles iniciam.

Dito isto, ter que sustentar outras pessoas pode ser um grande motivador. Em uma nota similar, você precisa se certificar de que você pode pagar as contas no caso de sua empresa levar algum tempo para decolar – ou mesmo se não conseguir lançar voo com sucesso completo.

Avaliar sua situação particular com profundidade e manter os canais de comunicação abertos entre os membros da família é crucial quando se está iniciando um empreendimento como começar uma empresa do zero.

a3b

Leve sua idade, saúde e família em consideração, antes de empreender.

#4. Teste a sua ideia e seja um bom comunicador

A razão número 1 para a maioria das pessoas não começar suas próprias empresas é porque elas não têm certeza do que querem alcançar.

Converse com seus amigos, familiares e parceiros de negócios e teste sua ideia. Colete feedback e use-o com sabedoria.

Testar algo desta forma pode ser um bom indicador do potencial da sua ideia de negócio para o sucesso.

Muitas descrições de cargos exigem excelentes habilidades de comunicação escrita e verbal por uma razão: bons comunicadores são muitas vezes essenciais para estabelecer um negócio, produto ou empresa.

Você não necessariamente tem que ser persuasivo ou extrovertido, para ser bem sucedido como um fundador ou CEO – mas essas qualidades muitas vezes tornam mais fáceis vender ideias.

Não há nada como um comunicador honesto para estabelecer confiança, e as pessoas possuem necessidade de confiar em sua visão. Se você não tem essas habilidades, em algum momento você pode precisar contratar alguém ou encontrar um CEO com elas.

#5. Seja otimista

É provável que tenham dito para você – muitas vezes – que o que você está fazendo não pode ser feito. As pessoas inteligentes vão te dizer que você está errado. As pessoas não vão querer investir em sua ideia, e você vai ser criticado.

Use essa crítica para trabalhar mais e provar aos opositores que eles estão errados.  Quando as coisas vão mal, os pessimistas não começam empresas – otimistas sim.

As probabilidades estão contra você, então você tem que ser capaz de olhar para o copo meio cheio.

Resumindo, antes de abandonar o seu emprego estável, pense muito sobre a decisão. Será que os benefícios superam os riscos? Você é capaz de aceitar a possibilidade de derrota? Se for assim, você pode estar no início de um caminho para o sucesso empresarial.

___

Este artigo foi adaptado do original, “Should You Leavr a Stable Job to Start Your Own Company”, do Mashable.

{fcomment}

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Quem está online:

Temos 14 visitantes e Nenhum membro online