Locução corporativa: como trabalhar bem esse segmento

a7As grandes empresas e corporações têm se preocupado cada vez mais com sua comunicação audiovisual, o casamento harmônico entre imagem e voz, que será divulgado em emissoras de TV e Internet (canais de vídeos, sites, blogs, etc.) apresentando ou vendendo serviços e produtos, ou somente a imagem institucional. Com isso, a locução corporativa ou institucional tem um papel importante. A partir dela, além de contribuir com empresas na apresentação de suas mensagens, o profissional que se dispõe a fazer esse tipo de serviço, pode ver seu trabalho ganhar o mundo, principalmente se o vídeo for narrado em outro(s) idioma(s).

Como você interpreta textos comerciais? (Parte 2)

a6Na primeira parte, vimos que não há uma fórmula padrão para ler um comercial. E se houvesse, os comerciais seriam muito chatos, não acham?!

Mas existem algumas normas que um locutor publicitário deve compreender, e geralmente aderir. Entre eles está o reconhecimento de que o objetivo final de um comercial é vender algo.

Os clientes sabem o que querem. Ao contratar um profissional da locução publicitária, certamente houve alguma discussão sobre que tipo de voz utilizar: masculino, feminino, mais jovem, mais velho, rouca, doce, semelhança com uma celebridade, etc. Apesar da tendência que vem se estabelecendo, conhecida como "pessoa real", por vezes, o cliente sempre espera por uma “garganta de ouro”. Todos

Locução infantil: Como trabalhar com os pequenos?

Quem nunca ouviu aquela voz fofa de criança no rádio, na TV e não ficou babando? Pois é! A publicidade quando é voltada para o público infantil ou quando trata de diálogos entre pai e filho, por exemplo, requer um trabalho especial em busca de vozes infantis. No entanto, não basta ser criança, é preciso ter talento também.

a5

Um dos grandes problemas nesse meio é que não é fácil encontrar uma criança talentosa e disposta a fazer gravações, o que é extremamente normal. Crianças ainda preferem outros tipos de brincadeiras. Nisso, cai-se num ciclo vicioso: locutores adultos passam a dublar vozes infantis. Para bons ouvintes, meia palavra basta.

Há muito que levar em conta quando o texto pede voz de criança, pois geralmente os pequenos participam de comerciais porque o pai ou a mãe está trabalhando na atividade e passam a “treinar” os filhos para tal, e muitas vezes, as crianças não querem fazer esse tipo de “brincadeira”. E uma das principais perguntas a se fazer é:

Quem está online:

Temos 1463 visitantes e Nenhum membro online