Como você interpreta textos comerciais? (Parte 2)

a6Na primeira parte, vimos que não há uma fórmula padrão para ler um comercial. E se houvesse, os comerciais seriam muito chatos, não acham?!

Mas existem algumas normas que um locutor publicitário deve compreender, e geralmente aderir. Entre eles está o reconhecimento de que o objetivo final de um comercial é vender algo.

Os clientes sabem o que querem. Ao contratar um profissional da locução publicitária, certamente houve alguma discussão sobre que tipo de voz utilizar: masculino, feminino, mais jovem, mais velho, rouca, doce, semelhança com uma celebridade, etc. Apesar da tendência que vem se estabelecendo, conhecida como "pessoa real", por vezes, o cliente sempre espera por uma “garganta de ouro”. Todos

os envolvidos na decisão da escolha da voz pensam, projetam e querem algo inovador. Geralmente, o escolhido para realizar o trabalho é aquele que mostra uma qualidade que eles não tinham previsto, é aquele que vai reforçar a mensagem, embelezar o produto e ajudar a divulgar, e vender, é claro.

Quando se é escolhido entre uma infinidade de ótimos profissionais disponíveis no mercado, o locutor foi selecionado porque é bom no que faz, que é dar sua contribuição por meio da sua voz, de uma forma que reforça a mensagem de venda, não enterrando a mensagem ou afastando-se dela. Apenas lembre-se: venda o produto com confiança, e dessa forma conquiste não apenas o cliente, mas também os clientes do seu cliente. 

Gostou deste tema? Compartilhe com seus e comente abaixo.

Perdeu a primeira parte deste artigo? 
Confira 
aqui!

Até mais!

{fcomment}

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Quem está online:

Temos 11 visitantes e Nenhum membro online