Como você interpreta textos comerciais? (Parte 1)

a8Não há um jeito certo para interpretar textos comerciais. Há todos os tipos de comerciais, objetivos diversificados, e clientes específicos. O único denominador comum é que o objetivo do cliente é sempre vender algo. Pode ser um produto, serviço ou ideia. Pode ser simplesmente para fazer o ouvinte conhecer melhor a  marca ou apenas uma espera telefônica. 

A forma como o texto é interpretado depende muito da experiência do locutor. Vale considerar que em

anúncios publicitários para rádio, é sabido que o ouvinte nem sempre está prestando atenção ao comercial, já que são muitas as distrações. Isso é parte do desafio, e esse desafio é uma das razões pelas quais a forma de locução está mudando e fazendo com que o ouvinte pare para ouvi-la.

Alguns comerciais são apenas comerciais, encare o fato. Enquanto o comercial de uma cadeia de fastfood pode ser pra cima e divertido, outro comercial, pode parecer narração de corrida de cavalos em 10 segundos para uma loja de eletrodomésticos. Não dá para ter as mesmas expectativas para tipos diferentes de locução.  Uma loja de departamentos pode até mesmo pedir para o locutor gravar o texto com entonações diferentes, para dessa forma chegar à narração mais apropriada.

Uma dica para ler bem um texto é lê-lo em voz alta. Se perceber que certas palavras não caem bem no texto, encontre junto ao cliente uma maneira diplomática de salientar que uma determinada palavra ou frase pode soar mal ou ser mal interpretada, e dessa forma, juntos, tentar melhorar a disposição das palavras dentro do texto. De qualquer forma, é de suma importância respeitar a formatação do script. Isso é nada mais do que respeitar o cliente. E respeitar o seu julgamento.

As pontuações no texto não estão lá à toa. Elas também servem para que possamos parar e respirar. Pausa nas vírgulas, pausa um pouco maior em ponto e vírgula, mais ainda em períodos. Não pause desnecessariamente! Entenda o possível significado de reticências (...), de um traço, e assim por diante. Mas não existe um padrão universal para a narração de áudio. Muitas vezes acontece de o redator ter apenas digitado o texto sem levar em consideração esses detalhes tão importantes para a harmonia do texto. Pior ainda, se o texto que você recebeu não tem pontuação alguma, peça para o cliente reenviar o texto corrigido. Caso você acredite que seu cliente não sabe onde essa pontuação deveria estar, então você está livre para criar :)

Por hoje é só. Mas logo voltaremos com esse assunto e a segunda parte desse texto. Até logo!

{fcomment}

Comentários   

+1 # MARCOS ALEXANDRE 28-07-2014 15:02
MUITO BOM LINDA,VC NÃO SABE COMO SUAS DICAS TEM ME AJUDADO BASTANTE. MUITO OBRIGADO, ABRAÇO E SUCESSO PARA VC SEMPRE! Marcos Alexandre Cachoeiro de Itapemirim ES.
0 # Linda Coelli 31-07-2014 01:46
Que bom querido! Suce$$o!
0 # marcio rabelo 17-08-2014 15:26
sempre me pego nesses dilemas de texto que referiu-se acima, palavra que não cabe, trilha que não tem nada com haver texto. mas sempre dou um jeito.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Quem está online:

Temos 14 visitantes e Nenhum membro online