Presença online: como construir uma base sólida

a10A afirmação de que a internet mudou a vida de muitas pessoas é sempre assertiva. Não apenas por encurtar distâncias, mas também por proporcionar oportunidades de negócios, e é nesta última tecla que vamos bater.

O número de profissionais que trabalham exclusivamente por esse meio de comunicação, a internet, cresce em ritmo constante. Empresas têm se transformado em home office, que é uma nova tendência mundial visando levar para casa o escritório, e assim trazer mais qualidade de vida para o trabalhador. 

E quando o seu trabalho é feito e divulgado 100% online?

O fato de um profissional depender exclusivamente da internet para trabalhar não é mais novidade no Brasil, mas isso requer uma série de decisões que é preciso tomar para não ser contraditório. A principal delas é ter presença online, isso se aplica principalmente quando a comunicação é a mola-mestre do trabalho desenvolvido. É preciso ‘conversar’ em rede e aumentar os canais de relacionamento com possíveis clientes, ofertar e interagir no processo da contratação de serviços.

Não adianta divulgar, vender e trabalhar serviços online se você mesmo não se faz presente na rede. É necessário construir uma base sólida no campo online para garantir que seu trabalho seja sempre mais valorizado. Um site bem atualizado e com informações à vista é imprescindível. Outro ponto importante é dar a oportunidade a quem acessa o conteúdo do site de lê-lo em outro idioma.

Você deve estar se perguntando: mas eu não sei fazer nada disso! Fato, ninguém precisa saber de tudo. Para isso, podemos contar com profissionais que disponibilizam esse tipo de serviço, nesse caso, um webdesigner, que vai desenhar seu site da forma como você acha mais viável, ou vai se utilizar de plataformas já prontas, tal como Joomla, Wordpress, etc., e vai dar a esse site a cara profissional que sua marca ou serviço precisa. Você também vai necessitar de um domínio, que é o endereço do seu site na internet. Mas para tudo isso é preciso investimento financeiro, que pode ter preços variados. É sempre bom pesquisar bastante o custo benefício e usabilidade, pois não adianta fazer um site barato, se ele não vai atender às suas necessidades e às do seu cliente, o que é mais importante.

Além de um site, podemos utilizar as mídias sociais, que trouxeram um conjunto de ferramentas e possibilidades para estabelecer uma marca ou um serviço de forma presente na rede de computadores. São nesses ambientes onde estão seus amigos, clientes e futuros clientes. Eles propiciam e contribuem com a divulgação do seu conteúdo de forma rápida e eficaz.

O primeiro passo é escolher que redes sociais frequentar, pois um detalhe é válido: não adianta ter perfil profissional em cem redes sociais se você não tem tempo e muito menos conteúdo com os quais mantê-las atualizadas. Acreditamos que quatro delas são fundamentais: Facebook, Twitter, Instagram e LinkedIn. Não necessariamente nessa ordem, mas cada um tem uma linguagem diferente e isso deve ser levado em conta.

O Facebook é o que tem ganhado mais atenção nos últimos anos, principalmente de empresas e profissionais que buscam divulgar seus produtos/serviços, pois oferece uma série de recursos onde é possível dar destaque ao que se pretende “vender”.  Essa mídia social é muito receptiva ao visual, principalmente posts com imagens. Lá é possível criar aplicativos onde podem ficar disponíveis links para site e outras redes/mídias sociais, como também demonstrativos e demos.

a10aa10aa

O Twitter tornou-se uma mídia social mais séria. Muitas pessoas migraram para outras redes sociais ou abandonaram seus perfis. Nisso, tem-se um público mais seletivo, conversando mais seriamente sobre diversos assuntos. Tornou-se um espaço ótimo para inserir conteúdo profissional e ser mais uma plataforma de interação onde é possível fazer ótimos negócios, além de amigos.

a10b

Temos no Instagram um apelo totalmente visual, mas não se deve abandonar a ideia de se ter um bom conteúdo. Casar imagem (fotografia e vídeo) com textos interessantes é o segredo para manter uma presença online confiável em qualquer tipo de mídia.

a10c

Dessas quatro, o LinkedIn é a que devemos ter mais cuidado, uma vez que se estabelece como uma rede de negócios. Seu conteúdo é extremamente voltado para profissionais. Empresas estão lá oferecendo oportunidades e profissionais estão se apresentando para o mundo, buscando as mesmas oportunidades.

 

a10d

Não podemos esquecer-nos da mídia social YouTube. Você tem vídeos, tutorais que demonstram seu trabalho? Guarde-os em um canal com sua marca. Faça desse espaço um portfólio aberto para o mundo, onde qualquer pessoa possa conhecer o que você vem produzindo ao longo de sua carreira. Esse é um dos serviços disponíveis na web mais completos para deixar à vista o seu trabalho.

a10e

Resumindo, ter presença online está diretamente ligado à apresentação de seus produtos, serviços e portfólio de forma prática, sem ser invasivo. Para o uso profissional, é fundamental ter conteúdo relevante para manter audiência e adaptar esse conteúdo a cada mídia social. É muito importante saber que cada uma pede uma linguagem diferenciada, mas é também fundamental saber que todas podem se convergir a partir do seu site/blog, no entanto, o que se deve levar em conta acima de tudo é a qualidade do que você divulgar aliada ao monitoramento: interagir com quem acessa seu conteúdo, ou seja, dialogar.

{fcomment}

Comentários   

0 # Samara Boava 10-07-2014 08:22
Ola eu adoraria fazer parte do meio de comunicaçao.adnu seja da locuçao,mas a verdde é q nao sei nem como começar,por favor quanto mais puder me ajudar eu agradeço. :-)

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Quem está online:

Temos 10 visitantes e Nenhum membro online